Especialista em Ortopedia Pediátrica em São Paulo – Dr. Luiz de Angeli

Slings, Cangurus e outros carregadores de bebês: o que pode e o que não pode?
junho 3, 2021
Marcha na ponta dos pés (Equino Idiopático): qual a melhor cirurgia?
agosto 17, 2021

Como atua um especialista em Ortopedia Pediátrica?

O especialista em Ortopedia Pediátrica, também chamado de Ortopedista Infantil ou Ortopedista Pediatra, é o profissional mais indicado para identificar e tratar problemas ortopédicos nas crianças.

O especialista em Ortopedia Pediátrica é capacitado para realizar o tratamento de várias doenças ortopédicas com ou sem cirurgias. Lembramos que um dos papeis mais importantes do especialista é justamente o que realmente constitui um problema, diferenciando alterações fisiológicas das não fisiológicas, e indicar – ou não – intervenções para o paciente.

Lembramos aqui que a criança não é um “adulto pequeno”. As doenças e condições presentes na infância são únicas e diferem das dos adultos. Por isso, a avaliação de uma criança por um sub-especialista pediátrico é muito mais efetiva do que a de um médico que trata adultos, mesmo em outras áreas da medicina – como reumatologia, cirurgia geral, oftalmologia, etc.

O Ortopedista Infantil é formado para conseguir avaliar a criança como um todo, e não só onde a família relata a queixa. Por exemplo, a marcha com os pés para dentro, geralmente é causada por uma alteração rotacional do quadril fisiológica. Entretanto, os pais relatam que o problema é nos pés. Portanto, o especialista deve avaliar a criança, literalmente, da cabeça aos pés para descobrir onde se encontra o problema e orientar os pais.

O Ortopedista Pediátrico avalia pacientes de quais idades?

Uma das dúvidas mais comuns em relação à especialidade é esta: será que um ortopedista pediátrico atende até qual idade? Será que atende bebês pequenos de dias de vida? E adolescentes mais velhos, próximo dos 18 anos?

O Ortopedista Infantil é formado para atender bebês, crianças e adolescentes de qualquer idade. Inclusive, ainda é capacitado para realização de tratamentos e cirurgias de eventuais sequelas de doenças da infância, como por exemplo o Pé Torto Congênito, mesmo em adultos. Como as doenças da infância e adolescência diferem das doenças dos adultos, muitas vezes o Ortopedista Infantil pode ter mais conhecimento para tratar as sequelas em pacientes mais velhos.

Especialista em Ortopedia Pediátrica em São Paulo – Dr. Luiz de Angeli

Dr. Luiz de Angeli avaliando uma de suas pacientes, que é filha de sua amiga e sócia, a Dra. Renata Paulos, no dia 05/02/2020. (Fonte: Arquivo Pessoal. Foto publicada com autorização da Dra. Renata Paulos)

Tem alguma parte do corpo que o Ortopedista Pediátrico não trata?

O Ortopedista especialista em crianças é o profissional mais indicado para avaliar os problemas ortopédicos na infância, justamente por ter a capacidade de avaliar o paciente como um todo. Logo, orientamos que, caso haja necessidade de avaliação de qualquer questão ortopédica na infância, o paciente seja encaminhado ao Ortopedista Infantil.

Entretanto, algumas doenças que ocorrem na infância eventualmente necessitam da avaliação de outros profissionais especializados, como no caso de problemas complexos das mãos e da coluna.

A equipe do Dr. Luiz no Núcleo de Ortopedia Especializada é completa e, sempre que necessário, os Especialistas em Ortopedia fazem avaliações complementares para tratar os pacientes da melhor forma possível.

Quais são os principais problemas tratados pelo especialista em Ortopedia Pediátrica?

É relevante lembrar que nem tudo deve ser tratado com cirurgia! Pelo contrário, o especialista em Ortopedia Infantil avalia cada caso para poder realizar o melhor tratamento possível, e este, na maioria das vezes, não é cirúrgico.

Dr. Luiz de Angeli

Especialista em Ortopedia Pediátrica em São Paulo – Dr. Luiz de Angeli

O Dr. Luiz Renato Agrizzi de Angeli é médico especializado em Ortopedia Pediátrica pela Universidade de São Paulo (USP) e realizou Fellowship em Ortopedia Pediátrica nos hospitais Shirley Ryan Abilitylab e Ann & Robert H. Lurie Children’s Hospital of Chicago, nos Estados Unidos.

Foi preceptor do Programa de Residência Médica de Ortopedia e Traumatologia da USP por 2 anos e atualmente é médico colaborador do Grupo de Ortopedia Pediátrica da Universidade de São Paulo (USP), atuando na assistência à saúde, ensino e pesquisa. Além disso, é autor de capítulos de livros e artigos científicos.

É membro do International Perthes Study Group (IPSG), atuando ativamente na produção de conhecimento para o entendimento da doença de Legg-Calvé-Perthes.

É médico do Corpo Clínico do Hospital Albert Einstein e Sírio-Libanês, atuando também em outros hospitais de São Paulo para realização de cirurgias.

O Dr. Luiz também atua como revisor da revista científica internacional Journal Of Children’s Orthopaedics, da Sociedade Europeia de Ortopedia Pediátrica.

Especialista em Ortopedia Pediátrica em São Paulo – Dr. Luiz de Angeli

Dr. Luiz de Angeli (mais à direita) atuando com sua equipe em uma cirurgia para Luxação Congênita do Quadril. O trabalho em equipe é fundamental para o sucesso dos procedimentos cirúrgicos.


Fontes:
Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia 
Sociedade Brasileira de Ortopedia Pediátrica


FAQ

1. Deve-se fazer consultas de rotina com o Ortopedista Pediátrico?

Não, esta não é a recomendação mais adequada. Sabemos que as consultas de rotina devem ser feitas com o Pediatra do paciente. Contudo, sempre que o pediatra indicar, ou houverem dúvidas, o Ortopedista Infantil deve ser consultado.

2. O Ortopedista Pediátrico também faz cirurgias?

Sim, o Ortopedista Pediátrico é habilitado para realizar o tratamento clínico dos pacientes, assim como as cirurgias quando indicadas. Além disso, o tratamento das fraturas na infância também é realizado pelo Ortopedista Pediatra.